Mulher deixa hospital após 43 anos e traça objetivos para vida nova: ‘Viajar e ajudar as pessoas’

As paredes eram brancas e a janela só tinha vista para a copa de uma árvore e pedaços de arranha-céus da maior cidade do Brasil. O cenário foi praticamente o único que Eliana Zagui conviveu durante 43 dos 44 anos de vida. Diagnosticada com poliomielite quando tinha um ano, ela passou a morar em um quarto de hospital. A rotina fria que foi imutável por quatro décadas finalmente mudou. Há um mês, ela vive na casa de um amigo em Sumaré (SP) e substituiu o branco por cores, a copa da árvore por plantas no quintal e o sonho de viver fora da unidade médica pela liberdade de fazer planos: viajar, dar palestras e ajudar as pessoas.

Eliana descobriu que tinha pólio em pleno surto da doença, na década de 1970. O desconhecimento dos médicos à época, que disseram que crianças com dor de garganta não poderiam tomar vacina, fez o quadro se agravar. Ela perdeu os movimentos do pescoço para baixo e passou a respirar só com a ajuda de aparelhos. Sem poder pagar o tratamento e todos os equipamentos, a família optou, em 1976, por deixá-la morando no Hospital de Clínicas da Universidade de São Paulo (USP) por tempo indeterminado.

O planejamento de viver fora do hospital começou muito antes dela conseguir deixar a unidade, no dia 22 de dezembro do ano passado. Além da determinação e da garra para nunca deixar a doença derrotá-la, o fator determinante para a realização do sonho foi o cruzamento dos destinos dela e do cabeleireiro Lucas Negrini. Os dois se conheceram pela internet em 2002 e a amizade fez o jovem de 35 anos mudar todo o rumo da vida para “adotar” Eliana em casa.

O mês em liberdade trouxe um novo ritmo à rotina da paciente. Na cama adaptada em um dos quartos da casa de Lucas, ela mistura novos e velhos hábitos. O gosto pelos livros e pela pintura, paixões adquiridas nos anos de Hospital das Clínicas, se une às descobertas da vida fora, como a relação com os cachorros, a diversão com filmes e músicas, e o contato com a natureza em passeios que faz constantemente. O preferido? Uma represa próximo à casa da nova família.

“Eu ainda estou me ajeitando na nova rotina, mas a principal diferença é poder sair. Ter a liberdade de ver a luz do sol quando eu quiser, ver a natureza, que eu gosto muito. Aqui, até o meu bom dia é diferente. Lá no hospital tinha dia que eu nem respondia bom dia. Aqui eu estou feliz, a gente sai, vai em um barzinho aqui perto, já fui em churrasco, mas o que eu adoro mesmo é a represa, me divirto”, contou Eliana.

Com informações G1 Campinas – Veja a matéria na íntegra CLIQUE AQUI

Mais informações para você:
BAZAR DAS VOLUNTÁRIAS DA SANTA CASA COMEÇA NESTA TERÇA

As peças confeccionadas manualmente são ótimos presentes para o Natal Data da Notícia: 05/12/2022 13:35:49 O Bazar das Voluntárias da CLIQUE AQUI E LEIA MAIS

ESPETÁCULO DA CHEGADA DO PAPAI NOEL ABRE OFICIALMENTE O NATAL ILUMINADO

Dentro da programação do Natal Iluminado, uma parceria entre a Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria de Serviços CLIQUE AQUI E LEIA MAIS

REGIS DANESE ENCANTA PÚBLICO COM SHOW DE NATAL NA PRAÇA DO MERCADO MUNICIPAL

Regis Danese, um dos maiores nomes da música gospel brasileira, fez um dos principais shows do ano em São Carlos. CLIQUE AQUI E LEIA MAIS

ÚLTIMO CIRCUITO ARENA DO ANO HOMENAGEIA MILIONÁRIO E JOSÉ RICO NO PARQUE DO BICÃO

A dupla Arison e Emerson interpretou os grandes sucessos de Milionário e José Rico A população se divertiu no último CLIQUE AQUI E LEIA MAIS

FORMATURA DE PROJETOS SOCIAIS TERÁ PRESENÇA DE DIPLOMATAS DOS EUA

Projetos desenvolvidos com meninas e mulheres propicia interesse acadêmico e habilidades profissionais No dia 07 de dezembro, a partir das CLIQUE AQUI E LEIA MAIS

EVENTO MARCA O DIA INTERNACIONAL DA PESSOA COM DEFICIÊNCIA E MOBILIDADE REDUZIDA

A Prefeitura de São Carlos, por meio da Secretaria da Pessoa com Deficiência e Mobilidade Reduzida, realizou nesta sexta-feira (02/12), CLIQUE AQUI E LEIA MAIS

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *