Câmara Municipal se posiciona contra nova modalidade de atendimento da Santa Casa

Na 4ª sessão ordinária realizada na Câmara Municipal de São Carlos nesta terça-feira, 27, foi unânime o posicionamento dos vereadores com relação à nova modalidade de atendimento realizada pela Santa Casa de Misericórdia de São Carlos.

Nesta manhã o vereador Elton Carvalho (PSB) protocolou uma moção de apelo (nº 691, protocolo 738/2019) ao prefeito Airton Garcia solicitando um prazo para adequação do quadro organizacional da atenção básica, quadro clinico, enfermagem entre outros para que o município não sofra uma sobrecarga prejudicando a qualidade do atendimento aos munícipes.

“Protocolei agora pela manhã uma moção de apelo e um ofício pedindo ao Prefeito que seja feito um planejamento minucioso e investimentos nas UPA’s, UBS’s e USF’s, para que possamos dar um atendimento de qualidade aos munícipes e posteriormente adequar estas formas de atendimento”, enfatizou Elton. “Outro ponto que questionei via requerimento foi se com a redução do volume de atendimentos realizada pela Santa Casa o valor do repasse feito pela Prefeitura também sofrerá alterações. Aguardo um posicionamento do Executivo nesta questão”, declarou.

O prefeito, através de seu chefe de gabinete José do Espírito Santo Pires (Carneirinho) compreendeu os pontos levantados pelo vereador e se mostrou propenso a acatar sua solicitação.

Elton ressaltou que sua iniciativa é corroborada pelos 21 vereadores, ou seja, não é um entendimento isolado.

“Estou aqui como parlamentar, mas, representando a Câmara Municipal na sua totalidade. Como presidente da comissão da saúde esta é a minha função. Agradeço a todos pela confiança e credibilidade. Assessorar o Poder Executivo é uma de nossas atribuições legais de acordo com a Constituição Federal e com a Lei Orgânica do Município e tenho certeza que nossa reivindicação será atendida”, ratificou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.